ST 03 - DEBATES SOBRE MUNDOS DO TRABALHO NA CONTEMPORANEIDADE - CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS E RESULTADOS DE PESQUISAS


Debates sobre Mundos do Trabalho na Contemporaneidade - contribuições teóricas e resultados de pesquisas

Profa. Dra. Beatriz dos Santos de Oliveira Feitosa
Professa no Departamento de História/UFMT – Rondonópolis
e-mail: beatriz-feitosa@uol.com.br

Resumo: O Simpósio Temático se propõem ser um espaço de interlocução para discussões teóricas e metodológicas com o intuito de problematizar a produção discursiva que levou a criação do ideal de modernidade e progresso, conceitos que ganharam muita força nos processos de ocupação territorial recentes no Brasil, especialmente no período posterior a 1970 e que são constituidoras do mundo do trabalho no Brasil contemporâneo. Pretende-se teorizar sobre as práticas decorrentes da aplicação de tais conceitos na organização das atividades produtivas e nas relações de trabalho no campo brasileiro. A pesquisa com documentos impressos além de um diálogo com a história oral vêm tornando possível a compreensão de um movimento sazonal, iniciado no período supramencionado e que levou homens e mulheres a migrarem de suas regiões de origem em busca de trabalho temporário que lhes garantia uma vida com privações, mas não lhes tirava as esperanças de alcançaram o “eldorado”. Os desejos e anseios de uma vida melhor, na concepção dos trabalhadores rurais, passam em parte pelo trabalho realizado, nesses espaços de ocupação recente, onde a incorporação de práticas agrícolas modernas possibilitou a exclusão de pessoas e como consequência eliminou as possibilidades de condição humana via trabalho nas propriedades agrícolas do interior do Brasil.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho. São Paulo: Boitempo Editorial. 2000
BAUMANN, Zygmunt. Vidas desperdiçadas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. 2004
BAUMANN, Zygmunt. Vida para consumo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. 2008
HAERSBAERT, Rogério. O mito da desterritorialização. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2004.

Palavras chave: Modernização; Progresso; Mundos do Trabalho.